Máquinas do Mundo, 2018
Galeria Nara Roesler,
São Paulo
Fotos: Renato Mangolin

lv_18_máquinasdomundo_01.jpg
lv_18_máquinasdomundo_02.jpg
lv_18_máquinasdomundo_03.jpg
lv_18_máquinasdomundo_04.jpg
lv_18_máquinasdomundo_05.jpg
lv_18_máquinasdomundo_06.jpg
lv_18_máquinasdomundo_07.jpg
lv_18_máquinasdomundo_08.jpg
lv_18_máquinasdomundo_09.jpg
lv_18_máquinasdomundo_10.jpg
lv_18_máquinasdomundo_11.jpg
lv_18_máquinasdomundo_12.jpg
lv_18_máquinasdomundo_13.jpg
lv_18_máquinasdomundo_14.jpg
lv_18_máquinasdomundo_15.jpg

Mobilizando artes plásticas, iluminação, figurino, música e literatura, e atuando na zona de contágio teatral entre essas diferentes práticas artísticas, o coletivo envolvido no projeto investiga as máquinas de ver mundos, através de um experimento que reúne narrativa e visualidade, ação ao vivo com agentes cênicos e instalação em movimento.
Partindo das máquinas de Drummond (o poema A Máquina do Mundo), Clarice Lispector (um capítulo de A Paixão Segundo GH) e Machado de Assis (O delírio de Brás Cubas), Máquinas do Mundo é o disparador de uma máquina de ver mundos em fase experimental, livre maquinação de ritmos e durações, velocidades e lentidões.

Colaboradores: Alessandra Domingues, Camille Laurent, Diogo Costa, Flora Belotti, Gabriel Piotto, Guilherme Calzavara, Joana Porto, José Miguel Wisnik, Laiza Menegassi, Laura Vinci, Leonardo Maestrelli, Luah Guimarães, Marcelo Segreto, Mariano Mattos Martins, Marília Teixeira, Rafael Ramalhoso Alves, Rafael Matede, Roberta Schioppa, Roberto Audio, Rogério Pinto, Tatiana Tatit, Weillington Duarte.