No Ar, 2011
Casa da Imagem
e Beco do Pinto,
São Paulo

lv_11_no-ar_01.jpg
lv_11_no-ar_02.jpg

Quando fui à Austrália pela segunda vez, em 2004, conheci um sistema de vaporização a frio que quis usar em meus trabalhos. Não o utilizei apenas em uma obra, mas em várias: Cuenca, Lisboa, Pádua e São Paulo.
O sistema é muito simples: pequenos bicos de aspersão, funcionando em alta pressão, são acionados por uma bomba que faz com que a água saia com tanta força, que suas gotas ganham uma característica incomum, ficando entre o estado gasoso e o líquido.